A 11ª marketing session vista pelos alunos

11 Nov

Passavam 30 minutos das 19:00 horas e eis que avistámos Flávio Gart no auditório do ISVOUGA, com o seu look desportivo, informal, sempre animado e animando quem o rodeava. A casa lotada, diga-se sem falsas modéstias, recebeu com entusiasmo o orador e estava tudo a postos para dar início a mais uma Marketing Session, a 11ª realizada neste instituto onde desta vez surgia o Marketing de Guerrilha como tema. O coordenador do evento, Professor Jorge Remondes, também moderador desta palestra, deu o mote, introduzindo o palestrante e agradecendo a todos os presentes assim como aos responsáveis pela organização/dinamização do evento. Surpresa aconteceu quando a meio desta introdução um grupo de estudantes se “mascarou” de “soldados-caveira” fazendo com que o “guerrilheiro” brasileiro se sentisse completamente na sua zona de conforto, tendo este aderido à acção e sem qualquer complexo o próprio se tornou um “soldado” por breves instantes.

Acompanhado dos seus famosos “colegas” criativos, T-Rex e Pig Bank, o brasileiro “nascido em Chaves”, como se autobiografou, fez a apresentação do tema através de três momentos apimentados com uma grande dose de humor, mas sempre consciente do objectivo da sua vinda ao ISVOUGA. De seguida, servindo como tiro de partida, demonstrou o conceito elucidativo do seu ideal enquanto marketer: “It’s not how good you are its how hard you work”. Na sua perspectiva muito fundamentada considera o Marketing de Guerrilha uma forma não convencional de atrair um determinado público, onde o impacto tem de ser sempre superior ao investimento realizado, sendo a acção capaz de gerar buzz (difusão de comentários), extrapolando os seus efeitos para uma escala enorme. Portanto, criar acontecimentos que marquem e sejam disseminados pelos media em forma de notícia é a principal razão deste braço do Marketing. “Imaginem a vossa marca projectada na lua, o boom que iria criar”, soltou Gart aquando do seu exemplo da marca coca-cola.

Como o marketing sem números é filosofia, Flávio Gart tratou de demonstrar três case studies nos quais participou enquanto membro da empresa Bazooka, passando aos pontos fundamentais da questão. O primeiro foi da Grupótico, marca portuguesa do ramo da oftalmologia que necessitava, no Natal de 2012, de uma acção que impulsionasse a sua reputação assim como o seu volume de vendas. Compreendendo a conjuntura política do país e o envelhecimento cada vez mais acentuado da população, Gart e a Bazooka não tiveram mãos a medir. Encontraram uma oportunidade nas letras pequenas existentes nos contratos, razão pela qual muitas pessoas são literalmente enganadas pois têm dificuldade em lê-las. Após se aperceberem desta oportunidade decidiram desenvolver uma petição contra este tipo de contratos enganosos com a ideia-base “Não assines tudo o que te dão”. A operacionalização foi efectuada através de uma plataforma online e marketing directo no local de venda, apoiado por um vídeo que arrancou risos da plateia pela sua originalidade e genuinidade, levado a cabo no mercado do Bolhão, no Porto. O resultado: primeira empresa em Portugal responsável por levar adiante um decreto-lei, ainda em processo de aprovação pela Assembleia da República, para o aumento das letras dos contratos para tamanho nº 11. Este tiro certeiro fez notícia em todos os canais televisivos, assim como nos principais jornais e outros meios informativos online.

Continuando a despertar a atenção dos espectadores, sempre muito interactivo, o orador trouxe um novo caso prático agora de uma empresa produtora de álbuns digitais, a Dreambooks. A ideia original partiu da própria corporação, construir o “Maior álbum fotográfico do mundo”. No entanto, este plano necessitava de ser trabalhado pois deveria tornar-se apetecível para o público-alvo e não apenas perante os profissionais. Mais uma vez a empresa “guerrilheira” entrou em acção e juntou a este evento o conceito “Portugal, o melhor destino do mundo”, muito pertinente face ao contexto de crise vivido e visto que o turismo é uma das maiores fontes da criação de valor no nosso país. A campanha foi um sucesso, à qual se associaram opinion leaders como Diogo Morgado e Jorge Andrade, entre tantos outros dos mais variados ramos, levando o nome de Portugal a todo o globo. Esta consistia em agrupar o maior número de fotografias possível de algo que fosse especial na nossa nação, numa plataforma online, de forma a demonstrar a real beleza das terras Lusitanas. Outra das formas de promoção do evento consistiu num vídeo de Merkel, discursando em pleno Parlamento Europeu, com a alteração das legendas em português, muito bem trabalhadas e perfeitamente humorísticas, motivando, uma outra vez, gargalhadas por parte da audiência. Sem surpresa o golo foi atingido, o maior álbum fotográfico do mundo é português, da dreambooks, registado no Guinness World Records. A acção teve um impacto mediático global onde a notícia foi exposta nos mais diversos meios de comunicação, tanto online como offline.

O prometido é devido e para rematar a palestra tivemos mais um caso real, o terceiro, desta vez envolvendo a blip, organização da área da programação industrial e aplicações web sediada na cidade do Porto. A pergunta era: “O que procurava a empresa?”. A contratação de técnicos do sexo feminino era o seu objectivo e para isso necessitava de uma acção de promoção. Mais uma proposta, mais uma ideia, desta feita apoiada na utópica frase “women friendly”, visando alterar o paradigma de que a engenharia de programação é “só para homens”. Necessário seria criar impacto, arranjar ferramentas de divulgação, meios de exposição para que esta entidade fosse vista com bons olhos pelos possíveis profissionais a serem contratados. Decidiram então convidar o jornalista britânico Steve Clark a explorar o ambiente quotidiano no seio da corporação, produziram um vídeo no qual este se reuniu com o director da empresa dentro das próprias instalações da blip e o bolo criado foi perfeito: um ambiente profissional digno de entidade real aliado a condições fantásticas para um desenvolvimento intelectual extremo. Excelente, o impacto do vídeo foi imenso obtendo em 5 meses cerca de 150 mil visualizações e a entrega de CV’s teve um aumento de 150 %, além de se ter feito notícia mais de 50 vezes em Portugal e no mundo. A Bazooka conseguiu mesmo alterar este preconceito, esta forma de pensar e sempre com os olhos postos nos resultados.

Importante será dizer que todas estas três empresas intervencionadas pela Bazooka tiveram resultados muito relevantes no atingir dos objectivos estratégicos das organizações envolvidas, aumentando a exposição mediática, impulsionando a imagem e até aumentando o volume de vendas. Se há coisa que se preze no marketing é atingir objectivos e Flávio Gart assim o fez, perante um auditório repleto com cerca de 180 espectadores sendo esta massa composta por alunos, ex-alunos, professores, colaboradores, quadros, entre outros. Superou na opinião de muitos participantes as expectativas da 11ª Marketin Sessions.

No fim, por volta das 20:40 horas houve ainda tempo para o lançamento da próxima Marketing Session que esteve a cargo de Raquel González, aluna espanhola do programa Erasmus acolhida no ISVOUGA, que se vai realizar no dia 19 de Dezembro, com António Paraíso que vai abordar o tema Marketing de Luxo. Finalizada a sessão, protagonizaram-se momentos de descontracção e uma sessão fotográfica com Flávio Gart, onde os espectadores puderam interagir com este de uma forma muito mais informal. Um óptimo trabalho da equipa de professores e alunos envolvida neste projecto que viu no olhar entusiasmado dos infindáveis participantes a recompensa do seu esforço.

Turma do regime diurno do 3º ano da Licenciatura em MKT, Publicidade e RP

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: