Ligação

ANÚNCIO PUBLICITÁRIO: 4 = 3+∞ | PT 4G 2012

25 Maio

Os anúncios publicitários utilizam variadíssimas técnicas para atingir o seu objetivo. Uns pela música, outros pelos efeitos, pelos modelos e pelas modelos… Enfim, uma série delas, seja para criar emoção ou impulso no consumidor final. Resumindo, “A Publicidade não vende produtos. Vende contextos simbólicos e sonhos.” (Andreia Silva, 2011)

Após a Vodafone 4G ou a 4.ª Geração (LTE – Long Term Evolution), chegou-nos há já algum tempo aos nossos ecrãs a publicidade da PT (Portugal Telecom) e, mais recentemente depois da primeira ter dado que falar, mas por aspetos negativos, a Optimus “brinda-nos” mais uma vez com João Manzarra.

A música escolhida dos Awolnation – “Sail”, fez com que, de um momento para outro fosse a mais falada, a mais ouvida e a mais partilhada nas redes sociais. A par de todas as polémicas, pois para quem não sabe a música utilizada no anúncio é a mesma para o lançamento do Nokia Lumia em França e, segundo, Anthony Gibson, presidente do grupo Publicis foi uma “infeliz coincidência” pelo uso do tema Sail, dos Awolnation, para a campanha 4G da PT. Acrescenta e admite, ainda que, o vídeo da PT tem “inspiração” no vídeo Woodkid – Iron.

Para quem estiver interessado em saber mais sobre este assunto pode ler sobre isto em DINHEIRO VIVO e ainda ver e ouvir o anúncio francês como também o vídeo dos Woodkid. Aconselho também a ler o artigo de Eduardo Cintra Torres no JORNAL DE NEGÓCIOS.

Na minha opinião, a escolha da música “Sail” (navegue) é excelente, uma vez que navegar é o que nós fazemos com a internet nas diferentes plataformas multimédias, navegamos «Por mares nunca dantes navegados» (Camões, Canto I – Os Lusíadas). O 4G vem revolucionar por completo a tecnologia e possibilitar explorar um “admirável mundo novo”. As aplicações móveis do nosso quotidiano tornar-se-ão ainda mais rápidas, a uma velocidade e surgirão novas nas diferentes áreas permitindo-nos uma experiência inesquecível, “Para o infinito e mais além” (Buzz_Lightyear, 1995, Toy Story).

Acontece, que com o anúncio de uma banda larga de alta velocidade, a 4G, seria de esperar uma verdadeira concorrência de preços entre as várias operadoras. Mas, infelizmente, mais uma vez, isso não aconteceu. Ao preço inicial que a Vodafone apresentou o serviço, 49,99 Euros, com um substancial desconto nos primeiros seis meses, deu-se o que se esperava: os outros operadores ofereceram o serviço pelo mesmo preço, com o mesmo desconto e o tempo de duração igual. Vale a pena perguntar? É isto a livre concorrência ou antes concertação de mercado? Que valor acrescentado traz cada um dos operadores, que os diferencie dos outros e leve o cliente final a escolher? Daquilo que pesquisei, as diferenças não são muitas, para não dizer irrelevantes, a não ser as cores dos dispositivos, que essas sim são muito atrativas.

E, já agora, não é rumor, é verdade. Não se admirem de ver o novo iphone 5 (Apple, 2012) vir já com 4G, porque nada melhor do que dois mundos, utilizar os últimos avanços da tecnologia “de ponta a ponta.”

Anúncios

2 Respostas to “ANÚNCIO PUBLICITÁRIO: 4 = 3+∞ | PT 4G 2012”

  1. Joao Ferreira Maio 25, 2012 às 17:49 #

    Concertação de preços é o que temos tido, desde há muito tempo, não só a nível de serviços, como também a nível de produtos. Basta olhar para o preço dos combustíveis! Infelizmente, um maior número de fornecedores não tem refletido os esperados efeitos de concorrência, vantajosos para o consumidor. E que falta faz uma baixa de preços, nos combustíveis (e não só!).
    Entre os vários comentários a este anúncio, de senhores mais ou menos iluminados, supostos opinion makers, o do Eduardo Cintra Torres parece-me o mais objetivo e coerente, tendo sido, na minha opinião, uma boa sugestão. Parabéns pela escolha e, já agora, pelo artigo!
    @Maria Pintado: Podias era tê-lo publicado há umas semanas atrás, que já dava uma ajudinha para o trabalho de semiologia! 😉

    • mariappintado Maio 28, 2012 às 14:46 #

      Obrigada pelo teu comentário, João Ferreira.
      Infelizmente, em Portugal continuamos a encontrar muitas organizações, que ainda não perceberam o que é o mercado de livre concorrência.
      Quanto ao ter escrito há umas semanas atrás, ao contrário da concertação de preços, o timing nem sempre é o melhor!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: